Friday, February 22, 2013

Ministério das Relações Exteriores defende-se de gatos

Como "chefe dos ratos", Larry o gato está habituado a andar por Downing Street. Portanto é de entender que tenha ficado perturbado hoje quando viu o seu caminho bloqueado. Parece que o Ministério de Relações Exteriores em Inglaterra tomou medidas drásticas para evitar o seu funcionário do nº10 de entrar no edifício, tendo instalado uma placa para lhe bloquear a passagem.
Larry era constantemente visto apassar pelos ferros para poder entrar (como mostrado na foto). E tanto ele como Freya são conhecidos por gostar de visitar o edifício. 
Mas as visitas destes dois gatos foram cortadas após funcionários se terem queixado destas devido a alergias.
Contudo, uma medida de última hora foi tomada com o instalar da barreira.
O Secretário William Hague pediu hoje para que a barreira fosse retirada. 
O Ministério diz que está a rever se as barreiras foram a melhor decisão contra a queixa dos funcionários. 
Um funcionário disse: " Freya e Larry visitam o Ministério muitas vezes e parecem gostar do edifício. A grande maioria dos nossos trabalhadores parecem gostar de os ver. Alguns que dizem ter alergias levantaram preocupações. Foram tomadas medidas contra estas queixas. Se serão as medidas apropriadas ou não está agora em revisão. E o Secretário pediu para que a barreira fosse retirada imediatamente."
A barreira pôs um travão na carreira do "chefe de ratos" Larry que entrou em acção em Fevereiro de 2011 para acabar com o problema dos roedores em Downing Street. Contudo foram precisos 18 meses para que caçasse o primeiro rato e foi acusado de ser relaxado quando saíram fotos do felino deitado e a ser mimado pelos políticos. 
As coisas mudaram quando Freya chegou em Outubro e se deu uma luta muito pública entre os dois.



No comments:

Post a Comment