Saturday, January 11, 2014

Mulher faz 2600 km para salvar gata

  Uma apaixonada pelos animais contou que viajou 2600 km para salvar uma gata abandonada em França, após esta ter ficado preso num telhado.
Wendy Wilson, de 65 anos, adoptou uma gata tartaruga, Sandy, enquanto residia durante 16 semanas por ano na sua casa de férias em Herault, Sul de França. Mas a gata despertou um resgatar de outro lado após ter ficado presa no telhado de um vizinho sem comida nem água durante três semanas. 
Horas depois de saber do que se passara com Sandy, Wendy apanhou um voo de 180 euros de Stansted para Carcassonne para resgatar a gata. A reformada, mãe de dois, encontrou Sandy desesperada e esfomeada. Depois do resgate, marcou para Sandy um autocarro para a levar para a sua casa em Woodbridge, Suffolk. Wendy ofereceu agora a gata à sua vizinha de 83 anos, Peggy Ward.
Wendy disse: "A única maneira da gata sair do telhado seria com um salto de 3 metros. Ela estava demasiado nervosa para esperar e muitas pessoas tinham tentado fazê-la descer, mas não se importaram muito em dar-lhe comida. A pequenina esteve ali, debaixo do calor, 3 semanas sem água nem comida. Não sei como sobreviveu. Estava tão preocupada que decidi ir a França. Apenas pensei que a tinha de salvar. Achei que ela ía morrer. Não podemos chamar os bombeiros em França como chamamos em Inglaterra, porque eles não gostariam de ter de sair para ir salvar um gato.Quando lá cheguei vi-a no telhado a miar, mas não havia maneira de a resgatar. Tive de esperar até que os vizinhos chegassem para poder entrar na garagem deles. Ela estava esfomeada e cheia de sede. Não sobreviveria muito mais tempo. Valeu definitivamente a pena, não a podia deixar morrer". 
Após o resgate, Wendy teve de pagar 480 euros para levar Sandy de novo para o Reino Unido, através da companhia aérea EasyPet. "Alguns dos meus vizinhos franceses ficaram espantados, para eles era só um gato."

No comments:

Post a Comment